dragão e tigre

dragão e tigre - Vibra (VBBR3) pagará R$ 360 mi para encerrar litígio com Grupo Forte; Magazine Luiza (MGLU3) e Embraer (EMBR3) concluem vendas de ativos

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta sexta-feira (3)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta sexta-feira (3) traz o acordo extrajudicial entre Vibra Energia (VBBR3) e Grupo Forte para encerrar um processo que se arrasta desde 1999, no valor de R$ 360 milhões.

A Magazine Luiza (MGLU3), por sua vez, concluiu a venda da Luizaseg, sua unidade de seguros, para a NCVP Participações Societárias, pelo valor de R$ 160 milhões.

Já a Tempest Serviços de Informática, controlada da Embraer (EMBR3), concluiu a alienação da AllowMe, unidade de negócios da companhia dedicada a software antifraude, para a Serasa Experian.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A Braskem (BRKM5) e Advario captaram US$ 408 milhões para importação de etano no México. Enquanto isso, a BRF (BRFS3) contratou bancos para estruturar FIDC de no mínimo R$ 800 milhões.

Confira mais destaques:

Vibra (VBBR3)

A Vibra Energia firmou um acordo extrajudicial em que pagará R$ 360 milhões para encerrar um processo que se arrasta desde 1999 com a Forte Comércio, rede de postos de combustíveis, e outros envolvidos.

Continua depois da publicidade

A empresa informou em fato relevante que o acordo dará fim a “todos os litígios havidos entre as partes, por meio do qual estas se conferem plena, total e irrevogável quitação, com pagamento no valor de R$ 360 milhões pela companhia”.

Na época, a Forte passou por reestruturação e acionou judicialmente a Vibra, então BR Distribuidora, em busca de indenização. De lá para cá, o tema passou por dezenas de decisões judiciais sem chegar a uma conclusão definitiva.

O acordo extrajudicial será apresentado às autoridades judiciais competentes para validação e encerramento dos processos. A empresa não informou condições e prazos de pagamento.

Magazine Luiza (MGLU3)

A Magazine Luiza concluiu a venda da Luizaseg, sua unidade de seguros, para a NCVP Participações Societárias, processo iniciado em maio, pelo valor de R$ 160 milhões.

Segundo a empresa, o processo passou por aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Embraer (EMBR3)

A Tempest Serviços de Informática, controlada da Embraer, concluiu nesta quarta-feira (1) a alienação da AllowMe Tecnologias Ltda., unidade de negócios da companhia dedicada a software antifraude, para a Serasa Experian, após o cumprimento de condições precedentes usuais para este tipo de operação, incluindo aprovações concorrenciais.

O preço de venda foi de, aproximadamente, US$ 45 milhões, o qual está sujeito a ajuste posterior nos termos do contrato de compra e venda celebrado em 18 de setembro de 2023.

De acordo com o fato relevante, a operação está alinhada com a estratégia de longo prazo da Embraer de foco e crescimento consistentes no mercado de cibersegurança por meio da Tempest.

Braskem (BRKM5)

A Braskem informou que, a Braskem Idesa, controlada indireta da Braskem, concluiu por meio de sua controlada Terminal Química Puerto México (TQPM), empresa formada em parceria com Advario B.V, o processo de obtenção do financiamento no montante de US$ 408 milhões para a construção do terminal de importação de etano no México.

O financiamento, na modalidade Syndicated Project Finance Loan, foi emitido pela TQPM com o apoio de seus acionistas, Braskem Idesa e Advario, com um prazo de vencimento de 5 anos e com garantias usuais para transações desta natureza.

BRF (BRFS3)

A BRF contratou UBS Brasil, Banco Bradesco BBI, Banco Itaú BBA S.A. e do Banco Rabobank, para assessorá-la na estruturação e colocação inicial das cotas da 1ª Classe do Fundo de Investimentos em Direitos Creditórios (FIDC) Clientes BRF II de Responsabilidade Limitada, no montante de, no mínimo, R$ 800 milhões.

O fundo terá como política de investimentos adquirir direitos creditórios originados de operações comerciais realizadas entre a companhia e seus clientes.

Oi (OIBR3)

A Oi realizou novos leilões de 26 outubro a 1º de novembro de 2023 para venda das frações resultantes do grupamento das ações da empresa, realizado no começo deste ano.

Como resultado, foram vendidas 191.800 ações preferenciais (OIBR4), totalizando um montante de R$ 324.524,16, líquido de taxas, valor que será distribuído proporcionalmente entre os donos das frações.

Totvs (TOTS3)

A TOTVS elegeu Gustavo Avelar ao cargo de Diretor Vice-Presidente de Jornada do Cliente. Com posse efetiva em 6 de novembro de 2023 o novo executivo será responsável por desenhar e pilotar a jornada dos clientes nas 3 dimensões de negócio da TOTVS, liderando o desenho e a implementação de ofertas cross dimensões, para buscar a melhor rentabilidade e attach rate do cliente com a TOTVS.

BR Properties (BRPR3)

A BR Properties comunicou que, na quarta-feira, foi consumada a venda de 80% das quotas representativas do capital social da BRPR Gestão de Recursos, de acordo com os termos e condições do Contrato de Compra e Venda de Quotas (CCV) aprovado em assembleia geral extraordinária da Companhia realizada em 19 de outubro de 2023.

Sinqia (SQIA3)

A Sinqia concluiu na última quarta-feira (1) a operação de combinação de negócios com a Evertec Brasil Informática.

PDG (PDGR3)

Alder Basilio Ghader informou aquisição de participação acionária na companhia, passando a deter 161.800 ações ordinárias, equivalentes a aproximadamente 5,02% do capital social.

BMG ([ativo=BMG4])

O BMG passou a deter, indiretamente, 26,58% do capital social votante da Icertus, por meio da CBFácil Corretora de Seguros e Negócios Ltda., subsidiária do BMG. A iCertus atua no desenvolvimento, licenciamento e manutenção de softwares inteligentes de gestão (ERP), totalmente pensados e focados em micro, pequenas e médias empresas.

dragão e tigre Mapa do site