dragão e tigre

dragão e tigre - Santander (SANB11) e Sodexo fecham parceria no Brasil, Azevedo & Travassos (AZEV4) aumenta capital e Sequoia (SEQL3) tem mudança acionária

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta terça-feira (25)

Felipe Moreira

(Shutterstock)

Publicidade

O radar corporativo desta terça-feira (25) tem como destaque a constituição de uma Joint Venture entre Santander (SANB11) e Sodexo para explorar oportunidades no Brasil.

O Conselho de Administração da Azevedo & Travasso (AZEV4) homologou aumento de capital social da companhia no valor de R$ 55,9 milhões.

A Sequoia (SEQL3) comunicou que a Newfoundland Capital Management reduziu sua participação para aproximadamente 8,7% do total de ações ordinárias de emissão da companhia.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A Eletrobras (ELET6) prevê investimentos de até R$ 80 bilhões nos próximos 5 anos.

A T4F (SHOW3) fez parceria para promover Festival Primavera Sound em São Paulo.

A JBS (JBSS3) obteve registro para ofertas de troca de 11 séries de títulos externos.

Continua depois da publicidade

Confira mais destaques:

Santander (SANB11)

O Santander Brasil (SANB11) celebrou, na última segunda-feira (24), com o Grupo Sodexo, documentos vinculantes para a formação de uma joint venture para a exploração do negócio de marketing e venda de produtos de pagamento de incentivos e benefícios exclusivamente do Grupo Sodexo, no Brasil, através do canal de distribuição do Santander.

A Joint Venture será efetivada por meio da contribuição da Ben, companhia controlada do banco que atua no segmento de benefícios, e de uma exclusividade por 25 anos de direitos de uso do canal de distribuição do Santander pela Sodexo Brasil, atualmente detida integralmente pelo Grupo Sodexo.

Como resultado da operação, a Sodexo Brasil será o veículo da Joint Venture, na qual o Santander e o Grupo Sodexo deterão inicialmente participações de 20% e 80%, respectivamente.

Azevedo & Travasso (AZEV4)

O Conselho de Administração da Azevedo & Travassos homologou aumento de capital social da Companhia no valor de R$ 55.920.210,17, mediante a emissão de 15.962.001 novas ações, sendo 5.320.667 de ações ordinárias, pelo preço de emissão de R$ 4,21, e 10.641.334 ações preferenciais, pelo preço de emissão de R$ 3,15, em decorrência do exercício de 5.320.667 de bônus de subscrição atribuídos como vantagem adicional ao aumento de capital privado homologado em 05 de setembro de 2022.

O capital social da companhia passará de 294.515.651,73, dividido em 26.539.706 ações ordinárias, e 50.640.763 ações preferenciais, totalizando 77.180.469 para R$ 350.435.861,90, dividido em 31.860.373 ações ordinárias, e 61.282.097 ações preferenciais.

Sequoia (SEQL3)

A Sequoia (SEQL3) comunicou que, em 24 de julho de 2023, a Newfoundland Capital Management reduziu sua participação para 18.081.294 ações ordinárias de emissão da companhia, correspondentes a aproximadamente 8,7% do total de ações ordinárias de emissão da Companhia.

TOTVS (TOTS3)

A TOTVS (TOTS3) aprovou o pagamento de juros sobre capital próprio (JCP), no montante total bruto de R$ 138,9 milhões, correspondente a R$ 0,23 por ação da companhia.

Terão direito aos JCP todos os acionistas titulares de Ações na data base de 27 de julho de 2023.

As negociações de ações, a partir do dia 28 de julho de 2023, inclusive, serão realizadas ex-JCP.

Os JCP serão pagos aos acionistas beneficiários no dia 25 de agosto de 2023, sem incidência de correção monetária ou remuneração.

T4F Entretenimento (SHOW3)

A T4F Entretenimento (SHOW3) anunciou em comunicado ao mercado nesta segunda-feira (24) que firmou parceria para a promoção do Festival Primavera Sound São Paulo.

Eletrobras (ELET6;ELET3)

A Eletrobras (ELET6;ELET3) projetou um potencial de investimentos entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões para os próximos 5 anos.

Conforme comunicado, a elétrica espera reconquistar o protagonismo de crescimento no setor elétrico brasileiro.

Deste montante, a companhia possui R$ 17,1 bilhões de investimentos já contratados em geração e transmissão, que incluem investimentos em novos ativos, além de investimentos em manutenção dos ativos existentes. Essa cifra contém também investimentos em manutenção dos ativos existentes, sendo R$ 4,3 bilhões para Geração e R$ 200 milhões para Transmissão.

JBS (JBSS3)

A JBS (JBSS3) obteve a efetividade do registro do Formulário F-4 apresentado perante a comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos da América, a Securities and Exchange Commission (SEC) relativo às ofertas de troca de 11 séries de títulos externos (notes), emitidos pela JBS USA, JBS USA Food e JBS USA Finance, Inc.

dragão e tigre Mapa do site