dragão e tigre

dragão e tigre - CCR (CCRO3), Ecorodovias (ECOR3) e Santos Brasil (STBP3) se movimentam para consolidar e ampliar ativos de infraestrutura

Empresas detalharam durante teleconferências com analistas seus planos de concessões

Augusto Diniz

Publicidade

As conquistas recentes de ativos e os leilões a serem realizados em breve têm determinado os passos das empresas operadoras de infraestrutura em 2022.

A CCR (CCRO3) afirma centrar foco nos projetos recém-assumidos – e não é pra menos. No último dia 4, a empresa assinou o novo contrato de concessão da Dutra (Rio-São Paulo), que engloba também trecho da Rio-Santos (BR-101). Serão R$ 26 bilhões em investimentos em 626 km de sistema rodoviário.

No dia 9 de março, foi a vez do braço de aeroportos da CCR assumir de nove terminais aeroportuários concedidos no ano passado; e nos dias 24 e 31 de março, a empresa finaliza a transição operacional de outros seis aeroportos, conquistados no mesmo leilão de 2021.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Por fim, ainda neste primeiro semestre, a empresa assume a administração do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Na região, destaca-se, a empresa já opera o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, que era a sua única concessão aeroportuária no Brasil até um ano atrás.

Mudanças de portfólio na Ecorodovias (ECOR3)

A Ecorodovias (ECOR3) encerrou em novembro de 2021 o contrato de concessão da Ecocataratas e Ecovia Caminho do Mar, ambas no Paraná. Com isso, a empresa já tratou de reforçar no mercado seu interesse em participar esse ano de novos leilões de rodovias para manter o portfólio robusto.

Um deles é o leilão de um sistema rodoviário no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, do programa de concessão de Minas Gerais. São 627,4 km de estradas. O leilão deveria ocorrer em março, mas foi remarcado para 21 de julho.

Continua depois da publicidade

Outro leilão que a Ecorodovias está de olho é o da CRT (Rio-Teresópolis), cujo atual contrato de concessão está se encerrando. A nova licitação amplia o trecho rodoviário até Governador Valadares (MG). O leilão está marcado para 20 de maio.

Por fim, a empresa mira ainda nesse ano (sem data marcada) no chamado leilão Concessões Federais no Paraná, envolvendo várias rodovias federais e estaduais no Estado.

Para confirmar o interesse, no balanço do último trimestre de 2021, a Ecorodovias destacou que a margem do Ebidta havia sido pressionada por conta de gastos com consultoria e assessoria técnica e jurídica para participação dos três leilões mencionados.

Cita-se que em outubro do ano passado a Ecorodovias iniciou a operação da Ecovias de Araguaia. O capex dessa concessão é de R$ 8,1 bilhões. São 851 quilômetros das rodovias em Tocantins e Goiás.

Santos Brasil (STBP3) quer ampliar atuação no Porto de Santos

Para a Santos Brasil (STBP3), crescer no porto de Santos significa participar dos novos leilões de áreas no complexo. Um dos mais importantes a serem realizadas até o final desse ano é o do arrendamento do STS 10, de contêiner.

A área total do STS 10 é de 463.843 m² e fica no Cais do Saboó. O arrendamento é capaz de dobrar a capacidade atual da empresa na movimentação de contêineres no porto de Santos. Porém, a disputa promete ser dura pela imensa área. Players nacionais e internacionais já demonstraram interesse em disputar o leilão, mesmo sem data marcada para a sua realização.

A empresa, na apresentação do balanço de 2021, informou que a estratégia de crescimento em 2022 inclui prospecção de oportunidades de ativos portuários de graneis sólidos e líquidos. No porto de Santos, está previsto no dia 30 de março leilão do STS11, para graneis sólidos vegetais, mas a Santos Brasil reclamou do prazo curto entre o lançamento do edital e a data de entrega das propostas.

Por outro lado, no segundo semestre de 2022, a Santos Brasil inicia operações comerciais de dois terminais de líquidos do Porto de Itaqui, em São Luís (MA), adquiridos em leilões realizados ano passado. A empresa pretende começar esse ano a investir na construção do terceiro terminal arrematado, também em Itaqui – um projeto greenfield com início de operação previsto para 2026.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

dragão e tigre Mapa do site