dragão e tigre

dragão e tigre - Bolsas sobem acompanhando recuperação das ações de tecnologia nos EUA; arrecadação federal e mais destaques

Alta nos rendimentos dos títulos do Tesouro americano de 10 anos não impede avanço nos mercados internacionais

Felipe Moreira

(Shutterstock)

Publicidade

As bolsas europeias, asiáticas e os futuros de Nova York estão em alta nesta terça-feira (22), mesmo com os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA de 10 anos atingindo seu nível mais alto desde novembro de 2007, devido ao movimento de recuperação das ações de Big Techs em Wall Street, já que investidores estão antecipando que o setor de tecnologia registrará fortes resultados corporativos nesta semana.

Os papéis da fabricante de chips norte-americana Nvidia saltaram mais de 8% na segunda-feira e subiram 0,3% no after market, com expectativas positivas em torno dos resultados da próxima quarta-feira (23). A empresa é amplamente vista como um indicador do boom da inteligência artificial (AI).

Na frente de dados econômicos, Wall Street aguarda pela pesquisa não manufatureira do Fed da Filadélfia, bem como para os resultados da pesquisa manufatureira do Fed de Richmond. Os dados de vendas de casas existentes para julho também estão programados para serem divulgados na manhã de terça-feira.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Os investidores também estão ansiosos para o simpósio desta semana em Jackson Hole, onde o presidente do Fed, Jerome Powell, deve sinalizar o caminho futuro dos juros nos EUA.

Por aqui, Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, ministrará palestra em evento do Santander, a partir das 9h. Já o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, auditor-fiscal Claudemir Malaquias, comenta às 11h o resultado da arrecadação federal de julho de 2023.

No campo político, Arthur Lira, presidente da Câmara disse que, se houver acordo na reunião de líderes marcada para as 11h, a matéria vai para o plenário ainda hoje.

Continua depois da publicidade

1.Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Rendimentos recordes dos títulos do Tesouro americano não contiveram otimismo em torno dos resultados da Nvidia e índices futuros dos EUA operam em alta nesta manhã de terça-feira.

A fabricante de chips vai divulgar seus resultados trimestrais amanhã (23).

Durante a noite, a unidade de chips Arm entrou com pedido de listagem na Nasdaq, que deve ser a maior do ano.

Artigo do Wall Street Journal sugeriu que o Fed “pode tolerar um caminho mais lento para sua meta de inflação de 2% (ou mesmo tolerar um aumento dessa meta) em vez de uma postura agressiva de aperto que afetaria severamente minar a economia”.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam com alta, mesmo com os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA de 10 anos atingindo níveis não vistos em mais de uma década.

O rendimento referencial das notas do Tesouro de 10 anos atingiu uma alta de 4,34%, atingindo seu nível mais alto desde novembro de 2007. O movimento é notável porque os rendimentos mais altos dos títulos geralmente significam preços mais baixos das ações.

O Nikkei 225, do Japão, subiu 0,97%, ampliando os ganhos de segunda-feira e fechou em 31.856,71 pontos.

O Kospi, da Coreia do Sul, também subiu 0,28% para terminar em 2.515,74 pontos.

O índice Hang Seng, de Hong Kong, quebrou uma seqüência de sete dias de perdas e ganhou 1,07%, enquanto na China continental, o Shanghai subiu 0,88%.

Europa

Os mercados europeus operam com alta nesta terça-feira, depois de registrarem ganhos tímidos no início da semana, com repercussão do acordo entre Microsoft e Activision.

A editora francesa de jogos Ubisoft Entertainment subiu 6% depois que a Microsoft disse que venderia vários direitos de jogos para a empresa como parte de um novo acordo submetido aos reguladores do Reino Unido para a aquisição da Activision Blizzard.

Os investidores também estão monitorando os preços do gás natural na Europa, que tiveram um forte aumento na segunda-feira devido à ameaça de greve na Austrália, que poderia interromper 10% dos fluxos mundiais de gás natural liquefeito.

Commodities

Os preços do petróleo operam em leve baixa, com preocupações persistentes sobre uma desaceleração da economia da China.

As cotações do minério de ferro na China fecharam com forte alta nesta terça-feira, repercutindo o mais recente estímulo monetário do governo e sinais demanda ainda resiliente.

Bitcoin

2. Agenda

A agenda desta terça-feira traz a arrecadação federal do mês de julho, além de discursos de vários membros do Federal Reserve (Fed).

Brasil

9h: Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, fará palestra na 24ª Conferência Anual Santander, promovida pelo Banco Santander, em São Paulo

10h30: Arrecadação federal de julho

EUA

8h30: Discurso do presidente do Fed de Richmond, Tom Barkin

11h: Vendas de casas usadas

11h: Sondagem industrial do Fed de Richmond

15h30: Discurso do membro do Fed, Michelle W. Bowman

15h30: Discurso do presidente do Fed de Chicago

3. Noticiário econômico

Vejo com preocupação a ideia de teto na alíquota do IVA, diz Appy

Apesar do apelo da indústria por um teto na alíquota de referência da reforma tributária, o secretário extraordinário que trata do tema no Ministério da Fazenda, Bernard Appy, manifestou preocupação com a ideia e disse que a proposta afetaria a autonomia de Estados e municípios.

Durante debate sobre o assunto promovido ontem à tarde pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em parceria com o grupo Esfera Brasil, Appy deixou claro que a garantia de que não haverá aumento de carga tributária com a reforma é absoluta. Apesar disso, a proposta de emenda constitucional, continuou, preserva a autonomia dos entes da Federação de elevar suas alíquotas em relação à alíquota base. “A gente vai impedir os entes de poderem gerir a sua arrecadação?”, questionou o secretário extraordinário da reforma tributária.

“Não vai ser fácil, mas vai que, por algum motivo de gestão fiscal dos entes, seja preciso aumentar. Não vai poder fazer isso? Acho muito complicado”, acrescentou. “A questão de limitar a alíquota, eu vejo com muita preocupação.”

4. Noticiário político

Arcabouço: Despesa condicionada é impasse, mas líderes esperam votação na quarta-feira

A reunião desta segunda entre a Câmara e o Ministério da Fazenda sobre o arcabouço fiscal terminou sem acordo sobre a permissão, incluída no texto pelo Senado, para o governo prever despesas condicionadas no Orçamento de 2024. Mesmo assim, a expectativa de líderes partidários e do relator, Claudio Cajado (PP-BA), é que o projeto seja votado no plenário até quarta-feira (23).

“A discussão foi feita de forma técnica. E eu acredito que amanhã (terça-feira), com os líderes, a posição possa ser política, se mantém ou se não mantém (a despesa condicionada)”, afirmou Cajado, ao sair da residência oficial do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), onde se reuniu com lideranças da Casa e o secretário-executivo da Fazenda, Dario Durigan.

“A Fazenda e o Planejamento insistem na despesa condicionada, argumentando que dará mais tranquilidade e previsibilidade”, emendou Cajado. A emenda aprovada no Senado garante uma folga em torno de R$ 30 bilhões para o governo ao autorizar a previsão de despesas condicionadas no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2024, que precisa ser enviado ao Congresso até o fim de agosto.

5. Radar Corporativo

CCR (CCRO3)

A CCR (CCRO3), em continuidade ao fato relevante divulgado em 30 de maio de 2023, informou a conclusão do programa de recompra de ações aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia em reunião realizada naquela mesma data, tendo sido adquiridas, ao todo, 3.200.000 ações ordinárias de sua própria emissão, correspondentes ao limite previsto no referido programa.

As ações foram adquiridas pela companhia para permitir o cumprimento de suas obrigações decorrentes do Plano de Incentivo de Longo Prazo em vigor, aprovado na Assembleia Geral Extraordinária realizada em 19 de abril de 2023, podendo, ainda, ser mantidas em tesouraria, alienadas ou canceladas.

CTEEP (TRPL4)

A CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (TRPL4) informou nesta segunda-feira (21) o início da operação comercial do projeto Triângulo Mineiro, que pertence a IEMG, subsidiária integral da empresa, com 20 meses de antecipação em relação ao prazo estabelecido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Com isso, a empresa passa a ser remunerada pelo lote 7 do leilão de transmissão 002/2019, realizado em dezembro de 2019, ao obter do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), em 21 de agosto de 2023, o Termo de Liberação de Receita (TLR) de parcela significativa da sua operação.

O TLR faz jus ao recebimento de 70% da Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 42 milhões (ciclo tarifário 2023/2024) com valores a receber retroativos ao dia 14 de julho de 2023.

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)

dragão e tigre Mapa do site