dragão e tigre

dragão e tigre - Zelensky diz que outros vizinhos da Rússia também estão sob ameaça do regime de Putin

Presidente da Ucrânia visitou Suécia, Holanda e Dinamarca após promessa de doação de jatos F-16 ao seu país,

Roberto de Lira

(Getty Images)

Publicidade

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, visitou  Suécia, Holanda e Dinamarca nestes sábado (19), domingo (20) e segunda-feira (21), logos após o anúncio de doação de caças F-16 de fabricação americana ao seu país, que enfrenta uma invasão pela Rússia desde fevereiro de 2022. Embora não tenha feito doação, os EUA avaisaram anteriormente que concordam com o envio dos aviões.

A Holanda e a Dinamarca anunciaram que poderão doar até 61 caças F-16 para a Ucrânia assim que o treinamento dos pilotos for concluído satisfatoriamente. A primeira-ministra da Dinamarca, Mette Frederiksen, disse que seu país forneceria 19 jatos, sendo seis ainda neste ano. Mark Rutte, o primeiro-ministro holandês, não especificou a quantidade a ser doada, mas informou que seu país tem 42 em sua Força Aérea. O países estão em processo de substituição de suas frotas por aviões mais avançados, também fabricados nos EUA.

Dirigindo-se ao parlamento dinamarquês em Copenhague nesta manhã, Zelesnky agradeceu a ajuda militar e afirmou que, se a Rússia tiver sucesso na guerra, outras partes da Europa estariam em risco de agressões militares do Kremlin.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Todos os vizinhos da Rússia estão sob ameaça se a Ucrânia não precer. O direito internacional não será ressuscitado, as democracias do mundo, cada uma delas pode se tornar um alvo, seja para mísseis, seja para mercenários, seja para a desestabilização!”, disse em discurso.

Dos países visitados, apenas a Suécia não confirmou doações de aeronaves para Kiev. O primeiro-ministro sueco, Ulf Kristersson, disse na segunda-feira que seu país precisa de aviões Gripen para sua própria defesa, observando que a candidatura do país para ingressar na Otan ainda não foi finalizada. “Não descartamos nada no futuro”, disse ao canal TV4.

“Faremos tudo o que pudermos para apoiá-los (a Ucrânia) também com aeronaves. Mas agora não há novos compromissos para fornecer aeronaves suecas para a Ucrânia”, repetiu. A Suécia permitirá que pilotos ucranianos treinem com seus aviões, mas não se comprometeu a entregá-los.

Continua depois da publicidade

Já a Rússia condenou a decisão da Dinamarca e da Holanda de doar os caças F-16 para a Ucrânia, dizendo que a medida poderia escalar a guerra, uma vez que esse tipo de aeronave pode transportar armamentos nucleares.

dragão e tigre Mapa do site